Governo vai à Justiça para suspender decreto de CG

A Procuradoria Geral do Estado entrou com uma Ação Civil Pública na Justiça para suspender o decreto da Prefeitura de Campina Grande, em vigor desde esta quarta-feira (23), e que libera o funcionamento normal de bares e restaurantes durante as festas de Natal e de Ano Novo. A informação é do procurador-geral Fábio Andrade.

O decreto assinado pelo prefeito Romero Rodrigues dois dias após o governador João Azevêdo (Cidadania) determinar que o horário de funcionamento dos estabelecimentos, nos dias 24 e 25 e nos dias 31 e 1º, será até às 15h, para evitar aglomerações devido ao aumento de casos de Covid-19. Depois disso, bares e restaurantes só podem atender via delivery ou takeway (pegar no balcão).

Romero também entrou na Justiça contra o decreto do Governo, que data de terça-feira (22).

Leave a Reply

Your email address will not be published.